Informativo Santo Antônio
Mensagens e Reflexões

Diácono - João Carlos - Momentos para Meditação

Quando este Informativo estiver circulando nos lares de
nossa cidade, estaremos celebrando o primeiro Domingo do Advento. E o inicio do Ano Litúrgico (Ano A). A palavra Advento significa: Aquele que ha de vir. Para quem acredita na existência de um ser superior, infinitamente poderoso, mas, sobretudo Misericordioso, que norteia a nossa vida, respeitando a individualidade de cada uma de sua criatura, e que se torna importante esta época em nossa caminhada. Tempo que preparamos o nosso coração para a vinda do próprio Deus, encarnado no meio de Jesus. Ai se da uma grande prova de amor do nosso Deus. Imaginemos que numa família, uma nova vida esta se formando no ventre de uma mulher. A alegria, a expectativa e os preparativos serão intensos. A casa se modifica, os semblantes são transformados. O casal e todos os seus familiares preparam a festa da chegada de uma nova vida. Esta espera para nos e o Advento. Oportunidade de nos prepararmos espiritualmente, na vigilância, na oração e na escuta da palavra de Deus. A hora e agora, Deus chega ate nos a cada momento, pois o nosso tempo e revestido de eternidade. Que cada um de nos abra seu coração para receber o filho de Deus, que ira se manifestar em nos diariamente através da Eucaristia, mas que ira anunciar a sua plenitude no fim dos tempos.
Salve Maria! (edição 62)

**************************************** A tradição da nossa igreja nos anima a comemorarmos no mês de Maio, como aquele que dedicamos plenamente a Maria Santíssima, Mãe de Deus. Ela deve ser contemplada, como Aquela que esta sempre muito perto de nos; por sua pureza e porque foi Ela a primeira que Cristo redimiu. Ela deve ser olhada, como um espelho, que temos que olhar, a fim de imitarmos as suas virtudes, de exemplos de vida que realizou totalmente o projeto de Deus. Viver entregue a pessoa e a obra de Cristo, como Mãe e defensora, que intercede por nos, mostrando a direção do caminho de amor e fidelidade ao Pai através de seu Filho Jesus. Por tudo isto e muito mais, ns brasileiros A temos como a Padroeira do Brasil, e a comemorarmos como tal no dia 12 de Outubro. Que Nossa Senhora de Aparecida, continue de braços abertos protegendo o povo desta nação. Salve Maria!
(Diácono João Carlos)

**************************************** Neste mês de junho, não poderia eu, deixar de falar do nosso padroeiro Santo Antonio. Um Santo reconhecido pelas leis da nossa igreja, mas, sobretudo, santificado pela sua vivencia crista nesta terra. Contam que, era tamanho o seu zelo pela Eucaristia, que um pai amoroso que leva seu filho no colo, não teria o mesmo cuidado e amparo. Esta maneira de ser, embora homem, tinha o carinho de uma mãe, nos cuidados com seu filho. Maria sempre foi e será, não só para Santo Antonio, mas para cada um de nos, homens e mulheres, um exemplo de dedicação, respeito e adoração por seu filho Jesus. Que esta comemoração litúrgica da festa de Santo Antonio aumente em nos, a nossa vivencia crista, adorando Deus na pessoa de Jesus, sobre todas as coisas e nos exemplos de Santo Antonio, no seu amor por Maria Santíssima, a fonte de inspiração para os momentos felizes  ou não da nossa existência. (edição 56)

***************************************** Falando de Família com o Diácono João Carlos. Muito tenho falado, nos meus quase vinte anos de participação em grupos familiares, sobre o relacionamento Marido e Mulher. Cada vez que termino uma transmissão de mensagens dirigida a casais, vem ao meu encontro o marido ou a esposa mostrando interesse pela manutenção e ou ate a salvação de uma união quase desfeita. A maior Constancia e um falar mal, criticando as atitudes de outro. Poucas vezes, alguém chama a responsabilidade do fracasso para si. Meus queridos irmãos e irmãs, para toda a situação adversa no relacionamento, devemos utilizar a formula do amor. Este jeito de ser, amoroso, e saber cada vez mais valorizar as atitudes do cônjuge, fazendo prevalecer o amor doação. O marido só e feliz se a esposa estiver feliz e vice-versa. Vivenciando esta formula que vem de Deus, o amor verdadeiro, ·tem certeza que o casamento será feliz, constante e
duradouro. Salve Maria! A Rainha das famílias.

***************************************** Queridos irmãos e irmãs em Cristo. Jamais uma criatura, a exemplo de Maria Santíssima viveu em Deus e com Deus, com tanta perfeição: Deus viveu em Maria e, Ela própria viveu em Deus. A relação entre Deus e Maria foi muito, ou melhor, totalmente intima. Deus, todo poderoso, criador de tudo, habitou em Maria em toda a sua plenitude, tornando-a o seu escolhido e predileto Templo Sagrado. Maria assumiu e viveu este único Deus, realizando humanamente o plano do Todo Poderoso, Deus Pai. E nos, estamos assumindo também este plano de salvação? Vamos nos comprometer com Jesus, no inicio deste ano, de nos colocarmos inteiramente a disposição do plano de salvação que Deus tem para cada um de nos. Assim como Maria recebeu a benção do Senhor e a Misericórdia de Deus, seu Salvador, também a nos Deus abençoou com grande intensidade. Salve Maria, e um feliz e santo ano de 2004.

****************************************
O QUE E A SALVAÇÃO? Salvar tem um significado amplo; podemos defini-lo como, libertar-se do mal. Nos falamos neste caso do mal social, como a exploração do ser humano, as injustiças, as pressões que oprimem e dilaceram os membros de uma falia... Muito menos nos referimos às catástrofes e acidentes causados pela própria natureza. Salvar, quer dizer libertar-se do mal radical e definitivo. Este mal, também não e a morte, ou melhor, não e mais a morte, pois com a ressurreição de Jesus nos a ganhamos também. O mundo não tem o poder da salvação, não pode ser a fonte desta salvação para a humanidade, Só Deus salva, e salva a cada um de nos em Jesus Cristo. Verdadeiramente, salvar-se ganhar a vida eterna. Ela e a felicidade que vem da união com Deus. Vivendo os ensinamentos da palavra de Jesus, estamos aceitando Jesus em nossa vida. Isto nos leva a plenitude da felicidade. Que possamos com nossos exemplos de vida, tornar o mundo bom e a vida cada vez melhor.Salve Maria!
****************************************
Sempre procurando abrir o coração nas minhas considerações, no mês passado contei-lhes sobre o meu contato com o grupo de jovens da nossa paróquia. Hoje, queria lhes falar sobre o outro extremo da nossa vida humana, aqui na terra: O Idoso. Se ao jovem cabe a agilidade, ao idoso o movimento cadenciado. Quem leva vantagem? O jovem ou o idoso? Podemos responder que ambos levam vantagens. Vamos justificar a resposta. Quando a competição for na base da velocidade física, ai o jovem vence. Mas, nem sempre quem sai na frente em grande velocidade, ganha a competição. Pode haver obstáculos no percurso que não se resolve com agilidade, mas, sim com experiência, mesmo que para isto se utilize movimentos cadenciados e ate morosos. Por esse motivo que ao encontrarmos um idoso, devemos respeitá-lo com a mesma atenção que dedicamos a um jovem. Que a Campanha da Fraternidade deste ano, não caia no esquecimento de ninguém. Se hoje somos jovens ou talvez nem tanto, no futuro seremos idosos. Que cada um de nos possa envelhecer condignamente, sendo respeitado por todos e amado por Deus. Salve Maria!
*****************************************
Deus e um escrito perfeitíssimo, criador dos céus e da terra. Não teve inicio, nem terá fim. Esta foi à definição que recebemos quando freqüentamos o catecismo. Apesar de ser um pouco longa, no numero de palavras, entendemos que fica bem aquém do que o verdadeiro Deus. Ele que o único, não tem termo de comparação (Eu sou!). Existe por si mesmo, sem precisar de ninguém para formá-lo. Temos ainda uma imensidão de definições que poderíamos tentar definir Esse Deus, mas com todas essas qualidades incomparáveis, uma só palavra pode defini-lo para cada um de nos, Deus e Amor. Vivamos este amor de Deus Pai, através dos ensinamentos de seu Filho Jesus Cristo, com a formação e determinação que o Escrito Santo nos oferece, e sejamos felizes aqui mesmo, onde quer que estejamos. Salve Maria
****************************************
Voltando ao tema: SANTIDADE Porque insisto neste tema? Porque, como o povo Hebreu caminhou pelo deserto afora, rumo a Terra Prometida, cada um de nos caminha neste mundo para ser digno das promessas de Deus. Chegar ao reino do Pai viver intensamente a espiritualidade que a vida em união da criatura humana com a Santíssima Trindade. Eu convido os meus irmãos e irmãs a fazermos esta experiência de vida: Amar a Deus Pai como filho amaríssimo, a Deus filho como o meu irmão maior e Divino que morreu por mim e meu redentor, e a Deus Espírito Santo, como mestre que eu sigo fidelissimamente. Vivendo esta espiritualidade, a nossa santidade não depende das visões nem dos milagres, nem dos êxtases, nem da forma de oratória eloqüente; depende sim, do amor no coração e na vida da pessoa: amar para com Deus e para o próximo. Quanto esse amor for maior e mais perfeito, tanto esta pessoa ser santa. Salve Maria

***********************************

A ESCOLHA CERTA

UM DIA UM CERTO JOVEM, SAIU PELO MUNDO A VAGAR, QUERIA PORQUE QUERIA, SUA VIDA APROVEITAR. MAS ANTES DE SUA VIAGEM, SUA MÃE VEIO LHE FALAR, O NOME DE UM AMIGO, QUE ELE DEVERIA ACOMPANHAR.

REPETIRA POR DUAS VEZES, PARA ELE SE LEMBRAR, QUE SOMENTE ESSE COMPANHEIRO, ELE DEVERIA ACEITAR. ABRAÇANDO SUA MÃE, EM SEU OUVIDO SEGREDOU, ACONTEÇA O QUE ACONTECER, SÓ COM ESSE AMIGO, EU VOU.                                                          E PELOS CAMINHOS EMPOEIRADOS, AQUELE JOVEM SE LANÇOU, ATENTO À ENCONTRAR O AMIGO, QUE SUA MÃE LHE CONFIOU. PERCORRERA MUITAS LÉGUAS, SEM JAMAIS DESANIMAR, DE REPENTE UMA SOMBRA LUMINOSA, VEIO POR ELE PASSAR. PERGUNTANDO SE O QUERIA, AO SEU LADO CAMINHAR, POIS SE ACEITASSE A COMPANHIA, MUITO ELE IRIA GANHAR.                 PEDIU QUE DISSESSE O SEU NOME, PARA VER SE ACEITARIA, DISSE-LHE: EU ME CHAMO “A GLÓRIA, COM VOCÊ, EU NÃO IRIA. NÃO FOI O NOME INDICADO, QUE MAMÃE MANDOU PROCURAR, SÓ VOU ACEITAR A COMPANHIA, QUANDO ELE EU ENCONTRAR.                       CONTINUOU O SEU CAMINHO, O SOL MAIS QUENTE FICAVA, DE REPENTE UM CARRO DE LUXO, NA FRENTE DELE PARAVA. NÃO ACEITA SER MEU SÓCIO ? SER O MEU NOVO COMPANHEIRO ? VOCÊ CAMINHANDO AO MEU LADO, VIAJAREMOS O MUNDO INTEIRO!   COMO VOCÊ SE CHAMA ? EU ME CHAMO A RIQUEZA, EU QUERO QUE SEJA MEU SÓCIO, O TIRAREI DA POBREZA.                NÃO, MUITO OBRIGADO, FOI ASSIM QUE ELE FALOU, DIZENDO AINDA NÃO SER O AMIGO, QUE SUA MÃE RECOMENDOU. JÁ BEM NO FINAL DA TARDE, UM BANDO DE RAPAZES, POR ELE PASSOU, E PARA UMA ALGAZARRA, LOGO O CONVIDOU.     VOCÊ NÃO QUER IR CONOSCO ? IREMOS EM UMA FESTA CURTIR ? VOCÊ ESTÁ MESMO SOZINHO ! PODE EM NOSSO CARRO SUBIR. MAS... E O NOME DE VOCÊS ? NOSSO NOME ! É PRAZER”, NÃO, NÃO POSSO IR COM VOCÊS, MINHA MÃE, IRIA SOFRER.                                   QUASE NO FINAL DA ESTRADA, A NOITE LOGO CHEGOU, FOI QUANDO A MÃO DE ALGUÉM, EM SUAS COSTAS TOCOU. ACEITA-ME COMO COMPANHEIRO, O MEU NOME EU VOU REVELAR, EU ME CHAMO: AMOR  E COM VOCÊ EU QUERO CAMINHAR. SIM, COM MUITO PRAZER EU ACEITO, É O AMIGO QUE MINHA MÃE ESCOLHEU, E EU ESTOU MUITO FELIZ, PORQUE VOCÊ APARECEU.                                      ADEMIR DE OLIVEIRA MACIEL - 08/11/99

 *************************************************

O GESTO SALVADOR.

ERA UMA TARDE CHUVOSA, ARI, COM SEU CARRO PASSEAVA, AO PASSAR POR UMA ESCOLA, UMA CENA TRISTE LHE CHOCAVA. ERAM MAIS DE 10 ALUNOS, UM SÓ ALUNO EMPURRANDO, COM TAPAS E PONTAPÉS, NO CHÃO, O COITADO IA ROLANDO ARI PAROU O SEU CARRO, PARA O POBRE ESTUDANTE AJUDAR, OS OUTROS, EM GARGALHADAS, SAÍRAM, E COMEÇARAM A XINGAR. CHEGANDO ATÉ O ESTUDANTE, QUE MUITO SUJO ESTAVA NO CHÃO, ARI, PRIMEIRO PEGOU OS SEUS ÓCULOS, DEPOIS ESTENDEU SUA MÃO. DISSE-LHE: A FARRA JÁ ACABOU, AQUELES... NÃO VÃO MAIS TE ZOAR. FIQUE CALMO ! EU SOU AMIGO, E QUERO MUITO TE AJUDAR. PEGANDO TODOS AQUELES LIVROS, QUE NO CHÃO FICARAM ESPARRAMADOS, O ESTUDANTE COM UM SORRISO, LHE DISSE : MUITO OBRIGADO. EU ME CHAMO LUIZ DA SILVA, E QUERO MUITO LHE AGRADECER, O SENHOR DE FATO FOI AMIGO, O QUE EU POSSO LHE FAZER? ARI AGRADECENDO AS PALAVRAS PEDIU PARA EM SEU CARRO ELE ENTRAR, E QUE SE ELE ENSINASSE O CAMINHO, EM SUA CASA IRIA O LEVAR. DAQUELE MOMENTO EM DIANTE, BONS AMIGOS SE TORNARAM, E COM O PASSAR DOS ANOS, OS DOIS SE SEPARARAM. LUIZ MUDOU-SE PARA BEM LONGE, PARA SEUS ESTUDOS TERMINAR, ARI, FICARA NA MESMA CIDADE, SEUS NEGÓCIOS, NÃO PODIA ABANDONAR. DEPOIS DE ALGUM TEMPO SEPARADOS, LUIZ DA SILVA SE FORMOU, E PARA A SUA FORMATURA, SEU GRANDE AMIGO CONVIDOU. VAI SER UMA GRANDE FESTA, NOSSA AMIZADE VAMOS COMEMORAR, EU ATÉ PREPAREI UM DISCURSO, E COM MUITO AMOR VOU DECLAMAR. EM FIM O GRANDE DIA, TALVEZ O MAIS IMPORTANTE, LUIZ DA SILVA EM SUA BECA ESTAVA MUITO ELEGANTE.         E COMO TINHA SEQÜÊNCIA, PARA O CERTIFICADO ENTREGAR, LUIZ DA SILVA ESTAVA ANSIOSO, PARA A SUA HORA CHEGAR. E DE REPENTE O SEU NOME, PELO ORADOR FOI CHAMADO,    E AS SUAS PRIMEIRAS PALAVRAS FORAM: ARI, MUITO OBRIGADO. EU PEÇO QUE SE LEVANTE, VENHA AQUI! FIQUE AO MEU LADO, POIS EU VOU EXPLICAR O MOTIVO, DESSE MEU: MUITO OBRIGADO. MEUS QUERIDOS PROFESSORES, FORMANDOS E TODOS VOCÊS MEUS IRMÃOS, SE HOJE EU ESTOU AQUI, FOI POR CAUSA DESSAS MÃOS. UM DIA AO FINAL DE UMA AULA, DEPOIS DE MUITA HUMILHAÇÃO, EU LIMPEI TODO MEU ARMÁRIO, HAVIA TOMADO UMA DECISÃO. EU NÃO ESTAVA MAIS AGÜENTANDO, TODOS DE MIM CAÇOAVAM, AMIGOS! NÃO TINHA NINGUÉM. COMIGO! TODOS ZOAVAM. E NAQUELA TARDE CHUVOSA, MINHA VIDA EU IA ENCERRAR, EU JÁ ESTAVA DECIDIDO, IRIA ME SUICIDAR. ARI, COM UM NÓ NA GARGANTA, OS OLHOS AVERMELHADOS, TEVE CONSCIÊNCIA DO TAMANHO DO BEM QUE HAVIA PRATICADO. E MAIS UMA VEZ, Dr. LUIZ DA SILVA, AGORA UM HOMEM FORMADO, AGRADECEU PUBLICAMENTE, POR ARI, TER SUA VIDA SALVADO. FOI PRECISO UM GESTO SIMPLES, PARA A VIDA DE UM HOMEM SALVAR, ARI, AO ESTENDER SUAS MÃOS, ME FEZ O VALOR DA VIDA ENXERGAR.                                    

ADEMIR DE OLIVEIRA MACIEL CAÇAPAVA, 25 DE JULHO DE 2000

**************************************************

OBRIGADA NOSSA SENHORA APARECIDA

COM 22 ANOS DE IDADE, EU JÁ ESTAVA CASADO, ENCONTREI UMA ÓTIMA COMPANHEIRA, ERA TUDO QUE EU HAVIA SONHADO. EMBORA QUATRO ANOS MAIS JOVEM, EU SOUBE MUITO BEM SUPORTAR, QUANDO FIQUEI PELO MÉDICO SABENDO, QUE MINHA ESPOSA TINHA QUE TALVEZ OPERAR. O PROBLEMA ERA O CORAÇÃO, TROCANDO EM MIÚDOS, ESTAVA MEIO DEVAGAR, IMPOSSIBILITANDO-A, 2º O MÉDICO, DE ATÉ UM FILHO ELA GERAR. TEMENDO QUE ISTO PUDESSE ACONTECER, FIZ UMA PROMESSA LÁ MESMO NO HOSPITAL, IRIA A PÉ ATÉ APARECIDA DO NORTE, PRA QUE NOSSA SENHORA A LIVRASSE DESTE MAL. E MINHA FÉ TENHO CERTEZA, FOI TAMANHA, POIS NOSSA SENHORA ME ATENDEU, POIS VALERAM TODOS OS SACRIFÍCIOS, QUANDO MUITO CANSADO EM APARECIDA ELA ME ACOLHEU. E NÃO FOI SOMENTE UMA VEZ, FORAM TRÊS, EU QUERIA REALMENTE AGRADECER, PORQUE NOSSA SENHORA APARECIDA, DEU-ME  MIL RAZÕES PARA VIVER. A OPERAÇÃO FOI DESCARTADA, NOSSOS SONHOS FORAM REALIZADOS, E DAQUELE VENTRE PEQUENINO, DOIS LINDOS FILHOS FORAM GERADOS. OBRIGADO SANTA MÃE DE DEUS, OBRIGADO NOSSA SENHORA APARECIDA, POR AMAR TANTO ESSES FILHOS SEUS, E PROPORCIONAR TANTAS ALEGRIAS EM MINHA VIDA.                                                  Espôsa: Margarida dos Santos Maciel       Filhos: Vanessa (26 anos) e Rodrigo dos Santos Maciel (25 anos)

 ADEMIR DE OLIVEIRA MACIEL CAÇAPAVA, 05 DE MAIO DE 2001

 

 

 

 

 

                      Bens Materiais
Preste atenção minha gente no que eu tenho pra dizer Este é fato muito triste e que jamais vou esquecer:Existiu um cidadão ganancioso demais,Só pensava em poder e em bens materiais. Tinha uma esposa mal amada e um filho por nome Juninho,A quem pouco dava atenção e jamais dava carinho!O pai ignorava a família e só pensava no dinheiro Não tinha morada certa nem tão pouco paradeiro.Quantas vezes a mãe ao lado de seu filhinho Passavam Natal, aniversários e outros dias sozinhos.O filho às vezes chorava querendo o pai encontrar E a mãe sempre dizia querendo lhe consolar Seu pai está trabalhando pra mais conforto nos dar!O pai sempre viajando por este chão brasileiro Não media as conseqüências Pra ganhar o seu dinheiro.Certa vez um bom dinheiro ele conseguiu ganhar Comprou o carro importado que ele vivia a sonha rE depois de um bom tempo, com a família veio encontrar.Chegou em casa no seu carro dirigindo E para a sua família foi logo se exibindo Era um carro de luxo da cor azul do céu Que para todos ele mostrava, como se fosse um troféu.O filho com saudades, perto do pai chegava. mas ele não dava atenção, nem sequer pro filho olhava.O homem só falava do carro, até parecia um louco Depois de algum tempo, resolveu descansar um pouco.O pai foi dormir e o garoto ficou acordado Olhando pra aquele carro viu uma sujeira do lado. Na inocência de criança querendo o pai ajudar,Pegou um balde de água para o carro lavar Pegou uma bucha de aço e começou a esfregar. Depois com simplicidade foi correndo o pai acordar! O homem ao ver o carro todo arranhado Parecia um animal feroz e descontrolado E como um demente que não sabe o que faz Nas mãozinhas do menino começou a bater A mãe num quarto trancada não pode seu filho ajudar Vendo o pai com muito ódio o garoto castigar! O pai mostrando maldade impedia e não deixava  Que a mãe buscasse socorro pro seu filho que ali chorava. Três dias se passaram de sofrimento sentido Até que o pai foi consertar o carro e o filho pode ser atendido.O médico deu a notícia tão triste de se escutar Mãe, a mãozinha de seu filhinho teremos que amputar! Em estado de choque a mãe foi internada  E naquele mesmo dia a cirurgia do filho marcada. Passaram-se alguns dias e o pai foi avisado A notícia deixou o homem totalmente desesperado. Saiu correndo para o hospital onde o filho estava internado. Quando viu o seu filho, com a mão amputada, começou a chorar. O menino o abraçou e quis o pai consolar.Na inocência de criança para o pai começou a falar:  "Papai eu nunca mais vou fazer você chorar, Pois eu já não tenho minha mãozinha para o seu carro arranhar!" O homem saiu correndo sem saber o que fazer Com tanta dor e remorso não queria mais viver.Não tinha mais solução, não tinha mais outro jeito. Pegou então uma arma e sem pensar atirou contra o próprio peito.Aquele tiro tirou a vida em poucos instantes De um homem egoísta, covarde e ignorante! Termino esta triste história e espero não ver outras iguais. E deixo aqui uma  mensagem  para filhos e pais:"Na vida há coisas mais importantes do que bens materiais!" 
****************************************

  REFLEXÃO CAIPIRA
(Lembrando o mês das festas      Juninas e Julinas)
FAMÍA CARENTI
Um dia saí caminhano, já quasi nu intardecê, à uma famia carenti, uma visita fui fazê. Moravam nu pé da montanha, numa casa di sapê, numa pobreza tamanha dava pena só di vê. Chegano fui convidado para cum eles jantá, mas quando vi a comida, deu vontadi di chorá. As panelas eram limpas mas, comida num tinha não, era apenas uma água, cum arguns grãos di fejão. Cum cinco crianças piquenas, comecei a imaginá, como pode sê pussive essa água sustentá. Preguntei para o Jusé, mas Maria respondeu: porque a cruiz nu terrero? foi meu fio qui morreu. Mas a Deus eu agradeço pelo meu fio levá, pois ele eu tenho certeza qui fomi nunca mais vai passá. Dei-lhe um abraço apertado, lágrimas rolaram no chão, di repenti um di seus fios, chegou com uma Bíblia na mão. I mi chamano di môço! mi disse: eu sou o Sebastião. Pegui essi livro sagrado faiz pra nóis uma oração. Já bastanti comovido peguei a Bíblia na mão, li pra eles uma passagi du evangelho di São João. Dizia na esperança, na fé i compriensão, i Qui mesmo fartano di tudo nunca farte a oração.      (Ademir Maciel)

    O SEU RESGATE MAIS IMPORTANTE QUE O DO SOLDADO RYAN

No filme, o diretor Steven Spielberg conta à história de um comando americano enviado para procurar e salvar um único soldado atrás das linhas alemãs na II Guerra Mundial. Por ele, outros arriscam a vida e o comandante do destacamento de resgate até morre. Na cena final do filme, o idoso James Ryan aparece diante da sepultura do capitão Miller, a quem deve a vida e a quem foi sempre agradecido por isso. Imediatamente nos lembramos da mensagem do Evangelho e da afirmação de Jesus em João 15.13: Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Um cristão é alguém que um dia reconheceu que Jesus Cristo fez exatamente isto: Ele morreu para salvar a sua vida. Um cristão é uma pessoa que tem a consciência de que Deus pagou um preço altíssimo pela sua liberdade (compare 1Cor 6.20) e lhe é grato pelo seu resgate. Em um ponto, porém, a comparação não combina. O motivo de o Capitão procurar e salvar o soldado é poder voltar o quanto antes para casa. A ele não importa a pessoa de Ryan. Interessa-lhe somente poder escapar o quanto antes do inferno da guerra. Nesse ponto termina a semelhança com Jesus Cristo. Pois o Filho de Deus deixou a glória celestial para realizar uma missão de Resgate. Ele viveu como homem nesta terra, e enfrentou o mal, esse forte poder inimigo que domina o mundo desligado de Deus. A missão de Jesus foi à salvação dos homens. Por ela, Ele deu tudo. (Rolf Höneisen)

****************************************  LENÇOL SUJO
Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranqüilo. Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas! O marido observou calado. Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido: Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas! E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal. Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido: Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, Será que a outra vizinha ensinou? Porque eu não fiz nada. O marido calmamente respondeu: Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela! E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Só assim poderemos ter real noção do real valor de nossos amigos. Lave sua vidraça. Abra sua janela. (Matéria / edição 32 - 25/05/02)
Pensar é fácil, agir é difícil, mas a vida só pertence aos que sabem unir o pensamento à ação.

***************************************   REFLEXÃO
 

Se achas que sua vida está difícil, pare um pouco para pensar. Imagine quantas pessoas dariam, para estarem em seu lugar. Olhe bem à sua frente! Que maravilha! Você pode enxergar! Já pensou naquele seu irmão? Que para ver tem que apalpar! Olhe para seus sapatos! Que bonito exemplar! Já pensou naquele seu irmão? Que nem tem o pé para calçar! Que letra bonita você tem! Não há como não entender! Já pensou naquele seu irmão? Que com as mãos,não pode mais escrever! Dois mais dois!São quatro,muito bem! É sinal que você sabe contar! Já pensou naquele seu irmão? Que nem sequer sabe falar! Que legal! Você tem boa saúde! Parece que ao médico não vai! Já pensou naquele seu irmão? Que ao contrário, do médico não sai! A sua benção Pai, a sua benção Mãe! Ta vendo! Uma família você tem! Já pensou naquele seu irmão? Que vive só, não tem ninguém! Você conhece Jesus Cristo? Se não! Deveria conhecer. Tu sabes que um dia por você! Ele teve a coragem de morrer? (Ademir de Oliveira Maciel)

A PARTE MAIS IMPORTANTE DO CORPO
Quando eu era muito jovem, minha mãe me perguntou qual era a parte mais importante do corpo. Eu achava que o som era muito importante para nós, seres humanos, então eu disse, -Minhas orelhas, mãe. Ela disse, - Não. Muitas pessoas são surdas. Mas continue pensando sobre este assunto. Em outra oportunidade eu volto a lhe perguntar. Algum tempo se passou até que minha mãe me perguntou outra vez. Desde que fiz minha primeira tentativa, eu imaginava ter encontrado a resposta correta. Assim, desta vez eu lhe disse, Mãe, a visão é muito importante para todos, então devem ser nossos olhos. Ela me olhou e disse, - Você está aprendendo rápido, mas a resposta ainda não está correta porque há muitas pessoas que são cegas. Dei mancada outra vez. Eu continuei minha busca por conhecimento ao longo do tempo e minha mãe me perguntou várias vezes e sempre sua resposta era, Não. Mas você está ficando mais esperta a cada ano. Então, um dia, meu avô morreu. Todos estavam tristes. Todos choravam. Até mesmo meu pai chorou. Eu me recordo bem porque tinha sido apenas a segunda vez que eu o via chorar. Minha mãe olhou para mim quando fui dar o meu adeus final ao vovô. Ela me perguntou, Você já sabe qual à parte do corpo mais importante? Eu fiquei meia chocada por ela me fazer àquela pergunta naquele momento. Eu sempre achei que era apenas um jogo entre ela e eu. Observando que eu estava confusa ela me disse, Esta pergunta é muito importante. Mostra como você viveu realmente a sua vida. Para cada parte do corpo que você citou no passado, eu lhe disse que estava errada e eu lhe dei um exemplo que justificava. Mas hoje é o dia que você necessita aprender esta importante lição.Ela me olhou de um jeito que somente uma mãe pode fazer. Eu vi lágrimas em seus olhos. Ela disse, Minha querida, à parte do corpo mais importante é seu ombro. Eu perguntei, Porque eles sustentam minha cabeça? Ela respondeu, - Não, é porque pode apoiar a cabeça de um amigo ou de alguém amado quando eles choram. Todos precisam de um ombro para chorar em algum momento de sua vida. Eu espero que você tenha bastante amor e amigos e que você tenha sempre um ombro para chorarem quando precisarem. Então eu descobri que à parte do corpo mais importante não é egoísta. É ser "simpático" à dor dos outros. E, para completar, em algum lugar eu li: “As pessoas se esquecerão do que você disse... as pessoas se esquecerão do que você fez... mas as pessoas nunca se esquecerão de como você as fez sentir. Os bons amigos são como estrelas... que você nem sempre as vê, mas você sabe que sempre estão lá".
Autor Desconhecido

               REFLEXÃO
A filha foi chamar o padre para que fosse rezar com seu pai doente e já avançado em idade. Quando o padre chegou viu que tinha uma cadeira vazia ao lado da cama. Pensou que fosse para ele. Vejo que o senhor me esperava, disse o padre. Não, eu nem sabia que o senhor viria. Ah, a cadeira vazia? Quer fechar a porta, por favor, disse o doente. Nunca falei isto para alguém.Durante toda a minha vida eu nunca soube como rezar.Eu escutava o padre falando de oração, mas nunca liguei para isto.Até que um dia, quatro anos atrás, meu melhor amigo velo me visitar e falou que rezar é simplesmente ter uma conversa com Jesus.E ele me sugeriu: Sente-se e coloque uma cadeira em frente de você e na sua fé veja Jesus naquela cadeira. Ele mesmo prometeu: "Eu estarei sempre com vocês". Simplesmente fale com Ele da mesma forma que você está falando comigo agora.Eu experimentei, gostei tanto que faço isto duas horas todos os dias. Não deixo que ninguém me veja fazendo isto; nem mesmo a minha filha. Porque se ela me ver falando com uma cadeira vazia, poderá ter uma crise de nervos e me mandar para um hospício. O padre ficou emocionado com a história e encorajou o doente a continuar a sua conversa com Jesus. Em seguida rezou com ele, o ungiu com o óleo santo e regressou para a igreja. Duas noites mais tarde a filha ligou para o padre avisando-o que seu pai tinha falecido naquela tarde. Ele morreu em paz? Perguntou o padre. Sim, senhor! Creio que sim! Quando eu saí de casa, pelas duas da tarde, ele me chamou e me disse que me amava e me beijou. Quando voltei, uma hora mais tarde, já o encontrei morto. Mas percebi algo estranho a respeito da sua morte. Aparentemente, pouco antes de morrer, ele repousou a cabeça sobre a cadeira vazia que estava ao lado da cama. O que o senhor pensa sobre isto? O padre enxugou uma lágrima e disse: Desejaria que todos morrêssemos como seu pai morreu.
(Tradução livre, da língua inglesa, feita por Pe Moacir Balen, cs)

"AMADO FILHO"
O dia em que este velho já não for o mesmo, tenha paciência e tente me compreender. Quando derramar comida sobre minha camisa e esquecer como amarrar meus sapatos, tenha paciência comigo e lembre-se das horas que passei te ensinando a fazer as mesmas coisas. Se quando conversas comigo, repito e repito as mesmas palavras e sabes de sobra como termina, não me interrompas e escuta-me. Quando eras pequeno, para que dormisses, tive que te contar milhares de vezes a mesma estória até que fechasses os olhos. Quando estivermos reunidos e sem querer fizer minhas necessidades, não fiques com vergonha e compreender que não tenho culpa disso, pois já não as posso controlar. Pensa quantas vezes quando menino te ajudei e estive pacientemente a teu lado esperando que terminasses o que estavas fazendo. Não me reproves porque não quero tomar banho; não me chames a atenção por isso. Lembra-te dos momentos que te persegui e os mil pretextos que inventava para tornar mais agradável o teu Banho. Quando me vires inútil e ignorante na frente de todas as coisas tecnológicas que já não poderei entender, suplico-te que me dê todo o tempo que seja necessário para não me machucar com teu sorriso sarcástico. Lembra-te que fui eu quem te ensinou tantas coisas. Comer, vestir, enfrentar a vida tão bem como fazes, são produto do meu esforço e perseverança. Quando em algum momento enquanto conversamos, eu chego a esquecer do que estamos falando, dá-me todo o tempo que seja necessário até que eu me lembre e se não posso fazê-lo, não fiques impaciente; talvez não fosse importante o que falava e a única coisa que queria era estar contigo e que me escutasses naquele momento. Se alguma vez já não quero comer, não insiste. Sei quando posso e quando não devo.Também compreende que com o tempo já não tenho dentes para morder nem gosto para sentir. Quando minhas pernas falharem por estarem cansadas para andar, dá-me tua mão terna para me apoiar, como fiz quando começaste a caminhar com tuas fracas perninhas. Sempre quis o melhor para ti e preparei os caminhos que deves percorrer. Então pensa que com este passo que me adianto a dar, estarei construindo para ti outra rota em outro tempo, porém sempre contigo. Não te sintas triste, enojado ou impotente por me ver assim. Dá-me teu coração, compreende-me e aluía-me como o fiz quando começaste a viver. Da mesma maneira que te acompanhei em teu caminho, peço-te que me acompanhes para terminar o meu. Dá-me amor e paciência, que te devolverei gratidão e sorrisos com o imenso amor que tenho por ti.
Atenciosamente
TEU VELHO “

A LENDA


Certa lenda conta que estavam duas crianças patinando em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação. De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água. A outra criança vendo que seu amiguinho se afogava debaixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar seu amigo. Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino: Como você conseguiu fazer isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo com essa pedra e suas mãos tão pequenas! Nesse instante apareceu um ancião e disse: Eu sei como ele conseguiu. Todos perguntaram: Como? O ancião respondeu: Não havia ninguém ao seu redor para dizer-lhe que ele não seria capaz “. (Albert Einstein)

 

           A MALDADE HUMANA:
Na fabula da Bela e da Fera encontramos um relato parecido com aquilo que Jesus fez por cada um de nos. Na fabula Fera e feia e monstruosa e a Bela e linda e maravilhosa, mas mesmo assim a Bela continuou a amar a Fera. Não a desprezou. Não a abandonou.
As evidencias do mal: Despiram a Jesus, vestiram-no com uma capa escarlate, colocaram uma coroa de espinhos em sua cabeça, o escarneceram, dizendo: salve, Rei dos judeus! Depois passaram a cuspir nele e batia-lhe na cabeça e só depois o levaram para ser crucificado; obrigaram Jesus a carregar a sua própria cruz. Este ato de cuspir representa a nossa natureza pecaminosa = pecado; somos pecadores, somos degradados. Paulo diz: Éramos por natureza filhos da ira. Ef 2.3; se o cuspe dos soldados representa o nosso pecado, a sujeira do nosso coração, vejamos o que e que Jesus Cristo faz com ele; Isaias afirma: Não escondo a face dos que me afrontam e me cospem. Is 50.6; misturado ao sangue e ao suor de Cristo estava a essência do nosso pecado. E isto Jesus carregou ate a cruz; Aquele que e sem pecado tomou forma de pecador, para que nos, pecadores, pudéssemos nos tornar santos. Os anjos presentes poderiam desviar o cuspe daqueles soldados, mas não o fizeram; Por algum motivo Jesus no quis que isso acontecesse, pois aquele que escolheu a cruz, que escolheu os cravos, que escolheu morrer como um maldito, escolheu também carregar em seu rosto a essência da nossa maldade, isto e, o nosso pecado. A beleza de tudo isto e que: Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nos. Gl 3.13. A solução para a nossa maldade esta na cruz. Esta no Cristo ali pregado. Esta naquele que levou sobre si as nossas mazelas. Esta na essência de Isaias 53.1-12.
Conclusão: Na correlação da fabula com a Bela e a Fera termina aqui. Na fabula, a bela beija a fera. Na realidade do ato de Cristo a Bela faz muito mais. Aqui a Bela, que e Cristo, se transforma em fera, para que a fera, que somos nos, pudesse ser transformada na Bela. (Matéria tirada da Internet e resumida por Ademir) edição 56

****************************************

DEUS

Passei tanto tempo Te procurando Não sabias onde estavas, Olhava para o infinito, não Te via E pensava comigo mesmo, será que Tu existe? Não me contentava na busca e prosseguia. Tentava Te encontrar nas religiões, nos templos! Tu também não estavas. Busquei-te através dos sacerdotes e pastores, Também não Te encontrei. Senti-me só, vazio, desesperado e descri. E na descrença Te ofendi, E na ofensa tropecei, E no tropeço cai, E na queda senti-me fraco. Fraco procurei socorro No socorro encontrei amigos Nos amigos encontrei carinho No carinho eu vi nascer o amor Com amor eu vi um mundo novo E no mundo novo resolvi viver. O que recebi resolvi doar Doando alguma coisa, muito recebi E recebendo senti-me feliz E ao ser feliz, encontrei a paz E tendo a paz foi que enxerguei Que dentro de mim que Tu estavas E sem procurar-te Foi que te encontrei!

Você esta desanimado com o seu trabalho pastoral por que? Cabe a nos começarmos esta mudança, pois um dos aspectos que tem levado as pessoas a se afastarem nos últimos anos e a valorização humana. Cumprimentar, saber o nome e motivar a participação e o esforço de cada um são os primeiros passos que podem ser dados em direção a uma Igreja mais acolhedora e fraterna. Entusiasmo Sempre!

            COMECE DE NOVO!
Se você confiou em Deus e andou pelo caminho Dele, Se você O sentiu a guiar você todos os dias, Mas agora seus passos o levam por outro caminho, Comece de novo. Se você fez planos que não deram certo, Se você tentou dar o melhor de si e não ha mais o que tentar, Se você falhou consigo mesmo sem saber porque, Comece de novo. Se você contou aos seus amigos o que planejava fazer, Se você confiou neles e eles não o apoiaram, Se agora você esta sozinho, só podendo contar consigo mesmo, Comece de novo. Se você falhou com seus familiares, Se agora você já não e teu importante para eles, Se eles perderam a confiança em você, Se você se sente um estranho em seu próprio lar, Comece de novo. Se você orou a Deus, respeitando sempre à vontade Dele, Se você orou e orou e ainda se sente infeliz, Se você quer parar, sentindo que atingiu seu limite, Comece de novo. Se você esta certo de que esta acabado e quer desistir, Se você chegou ao fundo do poço, Se você tentou e tentou e não conseguiu subir, Comece de novo. Se os anos passam tão depressa e os sucessos são poucos, Se chega Dezembro e você se sente triste, Deus da um novo Janeiro a você. Comece de novo. Começar de novo significa: "Vitórias alcançadas" Começar de novo significa: "Uma corrida bem feita" Começar de novo significa: "Deus sempre vencera!" Não fique ai sentado no trono da derrota:  COMECE DE NOVO!
OBS: Ao ler esta mensagem, faça como eu fiz: leia novamente em voz alta com um fundo musical. Bem suave! Sentira com certeza a presença de Deus. (Ademir)

****************************************

        Supérfluo e o Necessário
Uns queriam um emprego melhor; outros, só um emprego.Uns queriam uma refeição mais farta; outros, só uma refeição. Uns queriam uma vida mais amena; outros, apenas viver. Uns queriam pais mais esclarecidos; outros, ter pais. Uns queriam ter olhos claros; outros, enxergar. Uns queriam ter voz bonita; outros, falar. Uns queriam silencio; outros, ouvir. Uns queriam sapato novo; outros, ter pés. Uns queriam um carro; outros, andar. Uns queriam o supérfluo; outros, apenas o necessário.

****************************************

                 ACREDITE!
“Era uma vez um lindo cavalo, puro sangue, que vivia a encantar os moradores de uma região. Era doce e selvagem ao mesmo tempo. Um verdadeiro campeão! Um dia, galopando por uma fazenda, acabou caindo num buraco profundo. Os moradores da fazenda correram para socorrê-lo. Fizeram varias tentativas todas inúteis. O buraco era estreito e não tinha como descer alguém para ajudar o cavalo. Depois de algum tempo, vendo que não conseguiam resolver e tirar o cavalo da armadilha decidiram que o certo seria sacrificá-lo. E, sem querer dar um tiro, acharam que a melhor solução era aproveitar que ele já estava no buraco, e ir jogando terra sobre ele ate enterrá-lo vivo. A sugestão foi prontamente aprovada... Todos de posse de uma pa começaram a jogar terra no buraco. A terra ia caindo sobre o dorso do cavalo. Ele se sacudia fazendo com que a terra caísse entre as suas patas. Logo ele se ajeitava, pisando na terra nova, formando um novo piso. E assim foi... À medida que jogavam terra no buraco, o”. Cavalo, aos poucos, ia subindo. Para surpresa geral, o puro sangue ha pouco condenado à morte, foi saindo do buraco, livrando-se da morte. Isso faz pensar: quantas vezes estamos perdidos dentro de buracos espirituais, buracos financeiros, buracos de doenças, buracos sentimentais... E não vemos saídas. Nem mesmo os que nos cercam vêem saídas dando-nos como "mortos". A terra que salvou o cavalo, vindo do céu representa a mão de Deus, sempre pronto a nos ajudar. E preciso acreditar!

****************************************
              A RATOEIRA
Um rato olhando pelo buraco na parede v o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali. Ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira. Foi para o eteno da fazenda advertindo a todos: "Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa. A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a caba e disse:” Desculpe-me Senhor Rato, eu entendo que um grande problema para o senhor, mas no me prejudica em nada, no me incomoda.O rato foi at o cordeiro e disse a ele: "Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira”.Desculpe-me Senhor Rato, mas no h nada que eu possa fazer, a no ser orar. Fique tranqüilo que o senhor ser lembrado nas minhas preces. O rato dirigiu-se então vaca. Ela disse: "O que Senhor Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que no!" Então o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro. Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pegado. No escuro, ela no viu que a ratoeira pegou a cauda de uma cobra venenosa. A cobra picou a mulher. O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar algum com febre, nada melhor que uma canja. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal a galinha. Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los o fazendeiro matou o cordeiro. A mulher no melhorou e acabou morrendo. Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo. Na próxima vez que você ouvir dizer que algum está diante de um problema e acreditar que o problema no lhe diz respeito lembre-se que, quando h uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco. Para refletir: "Por acaso sou responsável por meu irmão?" Gênesis 4:9
A humildade e a sabedoria acontecem quando a razão dá ouvidos ao coração.
****************************************
                 LOUCURA!
Odiar todas as rosas porque uma te espetou... Entregar todos os teus sonhos porque um deles no se realizou... Perder a fé em todas as orações porque numa no foste atendido... Desistir de todos os esforços porque um deles fracassou... LOUCURA!Condenar todas as amizades porque uma te traiu... Descrer de todo amor porque um deles te foi infiel... LOUCURA! Jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa no deu certa. Espero que na tua caminhada no cometas estas loucuras! Lembrando que sempre h uma outra chance... Uma outra amizade... Um outro amor... Uma nova fora... s ser Perseverante procurar ser mais feliz a cada dia, lembrando que DEUS existe e que em cada fracasso, ELE está sempre contigo!

            A lei do sucesso

Para um bom ganhador não existem derrotas.
Para quem escolheu ser um vencedor, tudo tem um proveito.
Não existem perdas, apenas fins de ciclos.
Não existem tombos, apenas mudanças.
Não existem inimigos, apenas pessoas diferentes.
Não existem problemas, apenas chances de se exercitar.
Não acontecem desgraças, apenas chamas passageiras.
Não há orgulho ferido, apenas lições de vida.
Não existem comodismos, apenas rápidos descansos.
Não existem fracassos, apenas sucesso dos outros.
Nas leis do sucesso, só vale quem acredita que nasceu para vencer,
porque a vida só leva para o futuro quem sabe viver!

Bom dia!Boa Tarde! Boa Noite!

O CENTRO DA BÍBLIA É algo curioso.
Ainda que não seja religioso, convém que você leia isso.
Qual é o capítulo mais curto da Bíblia? Salmo 117. Qual o capítulo mais comprido da Bíblia? Salmo 119; Qual o capítulo que está no centro da Bíblia? Salmo 118 ; Há 594 capítulos antes do Salmo 118
Há 594 capítulos depois do Salmo 118. Se somar estes dois números totalizam 1188. Qual é o versículo que está no centro da Bíblia? Salmo 118:8. Esse versículo diz algo importante sobre a perfeita vontade de Deus para nossas vidas? A próxima vez que alguém te diga que deseja conhecer a vontade de Deus para sua vida e que deseja estar no centro da sua Vontade, referira a ele o centro de Sua Palavra, Salmo 118:8 "Melhor é colocar sua confiança no Senhor teu Deus que confiar nos homens". Agora, diga, seria uma casualidade isto? Ou estaria Deus no centro da Bíblia? Antes de enviar esta mensagem, faça uma oração por você? Tens um minuto? Tudo o que tem que fazer é dizer uma breve oração para a pessoa que te
enviou essa mensagem.
Pai abençoe a vida do (a) meu (minha) amigo (a) segundo seja sua necessidade
no dia de hoje “. ·Permita que sua vida esteja cheia de paz, prosperidade enquanto se acerca ·cada vez mais de Vós. ·Amém”.

 LER A BÍBLIA COM UM NOVO OLHAR


Muitas vezes já ouvimos falar que a Bíblia é um livro de grande importância para a missão do catequista. Ela é a fonte na qual alimentamos a nossa vida. Sabemos que a Bíblia foi escrita ao longo de muitos anos, em épocas e situações históricas diferentes, por grupos com teologias diversificadas. Desejamos conversar com vocês sobre as várias maneiras de olhar a Bíblia: * Olhar como um livro que caiu do céu. Olhando assim, a Bíblia fica distante da nossa vida. Fica longe de nós, fora do nosso alcance. Um livro sagrado... * Olhar como um livro que tem respostas para tudo. A Bíblia passa a ser consultada como um manual de receitas diante de nossas dificuldades. Tiramos até sorte de alguns versículos para ver o que Deus quer de nós. * Olhar como um livro que contém todas as verdades. O que se fala na Bíblia aconteceu do jeitinho que está escrito. Ela é lida ao pé da letra. Esta forma de leitura desrespeita a própria Bíblia. Não leva em conta o contexto em que Ela foi escrita.Para que a Bíblia seja a fonte de Vida temos que nos aproximar dela com um outro tipo de olhar. O olhar que propomos é o que procura ler a bíblia para encontrar com as comunidades, as pessoas que deram origem e que estão presentes no próprio texto bíblico. Neste encontro, as pessoas vão nos dizer como era a sociedade de seu tempo, como elas viviam, qual a experiência que fizeram de Deus e o que sustentou sua caminhada no meio das lutas e dificuldades, desafios e esperanças. Este jeito de olhar nos faz chegar bem perto da vida das comunidades, das pessoas da Bíblia, entretanto até mesmo nas suas casas, conhecendo o seu cotidiano. O olhar de ontem se encontra com o olhar de hoje. A Bíblia entra na Vida e a Vida entra na Bíblia. Assim como Deus esteve presente na História do Povo da Bíblia, está presente na História do Povo de hoje. Ele é o Deus que caminha sempre conosco.
Vamos fazer uma leitura com este olhar. (Isaías 55,1-3)
Leia uma, duas, três vezes. Preste atenção nas palavras, nas frases que aparecem.* Para quem este texto é dirigido? * Quem está falando? * Qual a imagem de Deus que transparece no texto?* Qual a proposta que o texto faz? * O que este texto fala para a sua vida? * O que você fala para Deus? * Quais os sentimentos que este texto desperta em você? Estas questões nos ajudam a ler a Bíblia com um olhar especial. Este olhar nos possibilita atravessar o tempo e alcançar as pessoas e os grupos presentes na Bíblia, percebendo a experiência que fizeram de Deus. Nos traz a Palavra de Deus para dentro do nosso coração. Faz com que nossas mãos ajam e os nossos pés caminhem de acordo com o Projeto de Jesus. (Matéria enviada pelo leitor Vando) Edição 38.

O VENDEDOR DE BALÕES


Era uma vez um velho homem que vendia balões numa quermesse. Evidentemente, o homem era um bom vendedor, pois deixou um balão vermelho soltar-se e elevar-se nos ares, atraindo, desse modo, uma multidão de jovens compradores de balões. Havia ali perto um menino negro. Estava observando o vendedor e, é claro apreciando os balões. Depois de ter soltado o balão vermelho, o homem soltou um azul, depois um amarelo e finalmente um branco. Todos foram subindo até sumirem de vista. O menino, de olhar atento, seguia a cada um. Ficava imaginando mil coisas... Uma coisa o aborrecia, o homem não soltava o balão preto. Então aproximou-se do vendedor e lhe perguntou: Moço, se o senhor soltasse o balão preto, ele subiria tanto quanto os outros? O vendedor de balões sorriu compreensivamente para o menino, arrebentou a linha que prendia o balão preto e enquanto ele se elevava nos ares disse: - Não é a cor, filho, é o que está dentro dele que o faz subir. (Extraído do livro O Enigma do Iluminado de Anthony de Mello)